Buscar
  • TvUp

'Acabaram com a minha vida', diz mãe de bebê morta em atropelamento em Copacabana.



A mãe da bebê Maria Louise Araújo Azevedo, de oito meses, que morreu em um atropelamento na Praia de Copacabana, pediu que o motorista responsável pelo acidente, Antonio de Almeida Anaquim, de 41 anos, responda pelo caso. "Acabaram com a minha vida", disse Niedja da Silva Araújo.

A criança e a mãe além de outras 16 pessoas, foram atropeladas por um carro que invadiu o calçadão e parou somente na areia.

"Foi tudo rápido. Eu só lembro quando eu estava já no chão. Eu não vi mais nada", contou Niedja da Silva Araújo.

A família foi ao Instituto Médico-Legal (IML) tentar a liberação do corpo, mas Niedja não conseguiu sair do carro, pois estava sentindo muitas dores. Ela recebeu alta do hospital ainda esta manhã. A família informou que a certidão da criança molhou em uma chuva e rasgou. Um novo documento terá que ser tirado para fazer a liberação.


Detran-RJ afirma que motorista omitiu sofrer de epilepsia

O motorista omitiu que tem epilepsia quando tirou carteira de habilitação, informou o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RJ) nesta sexta-feira (19). Anaquim disse à polícia que teve um ataque epilético ao volante e perdeu o controle do carro.

A mulher que acompanhava Antonio no veículo confirmou a versão de que ele desmaiou depois de ter o ataque. Outras testemunhas já foram ouvidas pela Polícia Civil.

Segundo o Detran, pessoas com epilepsia podem ter CNH. No entanto, precisam passar por uma avaliação neurológica antes de tirar o documento, e o exame médico tem validade menor. Os motoristas com epilepsia só podem ter habilitação na categoria B, para carros.

Ainda de acordo com o Detran, Antonio estava com carteira suspensa desde maio de 2014. No entanto, ele não cumpriu a determinação de devolver o documento e fazer um curso de reciclagem. Por dirigir e continuar a cometer infrações com a CNH suspensa, o órgão instaurou um processo de cassação do documento.

Um laudo mostrou que Anaquim não tinha consumido bebida alcoólica antes de dirigir.

FONTE: G1 GLOBO.


0 comentário