Buscar
  • TvUp

O que era para ser mais um dia comum de trabalho para uma equipe de Socorristas do Serviço de Atendi



O que era para ser mais um dia comum de trabalho para uma equipe de Socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), acabou virando um caso de polícia na tarde desta quinta-feira (28), em Umuarama. Após ser ameaçado de morte, o motorista da ambulância se envolveu juntamente com sua equipe em um acidente de trânsito.

Segundo o que consta no boletim, o genro queria que a sogra fosse encaminhada para o Hospital Cemil, mas os socorristas informaram que iriam levá-la para o Pronto Atendimento (PA), o que motivou a revolta do homem, que após ameaçar um dos socorristas de morte, entrou no veículo e saiu em alta velocidade, dizendo que iria esperar ele em frente ao hospital.

A caminho da unidade médica, a ambulância acabou se envolvendo em um acidente de trânsito, batendo na traseira de um veículo Fiat, no cruzamento das ruas Minas Gerais e Pará. Uma outra ambulância precisou ser acionada para realizar o transporte da idosa. Na colisão ninguém ficou ferido.

A Polícia Militar foi acionada e realizou o acompanhamento da ambulância até o hospital, e apesar da presença de parentes da vítima no local, não ocorreram mais discussões, até mesmo porque a ambulância já era outra.

Fonte: Portal da Cidade Umuarama