Buscar
  • TvUp

Assembleia Legislativa homenageia Dona Neiva, vice-reitora da Unipar.



A Assembleia Legislativa do Paraná dedicou o Grande Expediente da sessão plenária desta segunda-feira (18) para homenagear mulheres de atuação destacada em várias áreas da sociedade paranaense. Entre elas está a vice-reitora da Unipar (Universidade Paranaense), Neiva Pavan Machado Garcia.

A iniciativa partiu do deputado estadual Delegado Fernando (PSL), que é membro da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Assembleia. A presidente é a também deputado Cantora Mara Lima.

Durante a solenidade, o presidente da Assembleia, Ademar Traiano (PSDB), anunciou a criação de uma Procuradoria da Mulher na Casa, com o objetivo de oferecer apoio às demandas femininas.

Mara Lima saudou as homenageadas reafirmando a necessidade de incentivar a participação cada vez mais efetiva da mulher nas decisões que afetam a sociedade. Lamentou que ao longo de 19 Legislaturas apenas 22 mulheres tenham exercido mandatos na Alep.

Em entrevista aos jornalistas, o Delegado Fernando falou sobre a importância de projetos que defendem os direitos da mulher e que se tornaram lei, como a efetivação do Botão do Pânico e a Semana Estadual Maria da Penha nas Escolas.


Menção honrosa

A vice-reitora Neiva Pavan Machado Garcia não pode estar presente à solenidade de entrega de menção honrosa, por estar em tratamento de saúde. Ela foi representada por seu filho, o reitor Carlos Eduardo Garcia.

“Vejo na dona Neiva a expressão da mulher guerreira e inspiradora, que, com maestria, construiu um patrimônio de conhecimento para milhares de alunos, hoje profissionais nas mais diversas áreas de atuação”, disse o deputado Delegado Fernando.

Também foram homenageadas a primeira dama do Estado, Luciana Saito Massa, indicada pela deputada Mara Lima; a delegada titular da Delegacia da Mulher de Ponta Grossa, Claudia Kruger, indicada pela deputada Mabel Canto; a ex-governadora Cida Borghetti Barros (PP), indicada pela deputada (e filha) Maria Victória; e a ex-secretária de Mulheres do PT do Paraná, coordenadora do Fórum Popular de Mulheres, Antonia Passos de Araújo, indicada pela deputada Luciana Rafagnin.

O diploma endereçado in memoriam a soldado Barbara Aline Gonçalves da Rocha pelo deputado Delegado Francischini (PSL), foi recebido por seu pai, Claudecir Gonçalves da Rocha. A soldado foi morta num confronto com criminosos, em 24 de dezembro de 2016.

Crédito: Dálie Felberg/Alep