Buscar
  • TV UP

Internação por síndrome respiratória cresce 445%


Foto: Reprodução / Internet

O numero de internações por síndrome respiratória aguda grave no País, cresceu 445% é o jornal O Estado de S.Paulo informa também que entre os dias 15 e 21 de março, houve 5.787 internações de pacientes com SRAG, no mesmo período do ano passado 2019, o numero foi menor 1.061 internações. Desde que houve a primeira notificação de coronavírus no Brasil em 25 de fevereiro, mais de 14 mil pessoas foram internadas com SRAG.

Desde o início do ano, segundo dados do Ministério da Saúde, houve 16.879 hospitalizações pela SRAG, definição que se enquadra em sintomas severos causados por vários tipos de infecções por vírus respiratórios, como a Influenza e o coronavírus. Acredita-se que a maioria dessas internações tem como causa o coronavírus, mas a demora na entrega dos resultados de testes do Covid-19 dificulta a contabilização exata dos casos. “Internação por síndrome respiratória cresce 445% no País”, diz a manchete do Estadão.

Fonte: O Estado S. Paulo