top of page
Buscar
  • Foto do escritorTV UP

Sob forte comoção corpo do empresário Jairson Gourlart é sepultado

Atualizado: 3 de dez. de 2019

Foto: Reprodução / Internauta - Corpo de bombeiros se prepara para cortejo
Foto: Reprodução / Internauta - Corpo de bombeiros se prepara para cortejo

O corpo do empresário proprietário da Farinheira Guaiporã de Cafezal do Sul foi sepultado por volta das 17h30 de domingo(01), no cemitério municipal da cidade de Iporã. O empresário faleceu no último sábado(30), após supostamente estar fazendo manutenção em uma máquina de triturar mandioca, quando um dos seus funcionários sem saber que o empresário estava no interior da máquina o a ligou, rapidamente ao perceber o ocorrido o funcionário desligou, mas o empresario já estava sem vida; a polícia civil está investigando as circunstâncias da morte.

Toda região foi pega de surpresa com o ocorrido após a divulgação da tragédia por diversos portais de notícias, inclusive do próprio G1, deixando toda cidade enlutada e gerando grande comoção nas redes sociais.


Foto: Divulgação Portal G1

De família pioneira do município, Jairson Gourlart(56 anos) era um dos maiores empresários da região, o mesmo era proprietário da Farinheira Guaiporã, empresa está que emprega centenas de funcionários, direto e indiretamente, tendo clientes em diversos estados do país.

Jairson era respeitado e admirado por toda população da cidade, devido a sua personalidade humilde, trabalhadora, e sua preocupação em sempre ajudar o próximo; além de todo seu zelo por sua família e amigos.


Foto: Reprodução / Redes Sociais / Do lado esquerdo o empresário Jairson Gourlart, seguido pela sua filha Franciele Schimmack, esposa Cleonice Schimmack e o filho mais novo Gustavo Schimmack
Foto: Reprodução / Redes Sociais / Do lado esquerdo o empresário Jairson Gourlart, seguido pela sua filha Franciele Schimmack, esposa Cleonice Schimmack e o filho mais novo Gustavo Schimmack

O velório aconteceu no Salão Paroquial e em seguida na Capela São Sebastião do distrito de Guaiporã. Durante a cerimônia de despedida o momento foi celebrado sob forte comoção dos familiares, amigos, funcionários, clientes e autoridades presentes, a filha e também empresária que administra a farinheira, Franciele Schimmack se emocionou ao falar sobre o pai: “Eu não perdi só o meu pai, eu perdi meu amigo, meu companheiro, meu herói, a pessoa que eu mais admirava.”

A mesma também agradeceu a todas as mensagens e palavras de apoio que a família recebeu: “Eu queria agradecer a todos que aqui estão, pois eu sei o quanto meu pai era querido, às vezes só pelo olhar, pelo abraço de alguém; só peço que rezem pela minha família.” Franciele também contou que dias anteriores ao ocorrido, quando ela estava indo à um terço com a sua mãe, que ela viu um clarão no céu, o que aparentemente parecia ser uma estrela passando e que rapidamente a mesma fez um pedido, mas que agora ela sentia e entende que era o pai dela se despedindo e dando um sinal.

O discurso emocionante da filha fez com que todos os presentes se emocionassem ainda mais, até mesmo o padre que celebrava a cerimonia. Após a cerimônia que contou com a presença de mais de 400 pessoas, o corpo seguiu em cortejo em carro aberto do corpo de bombeiros até a cidade de Iporã.

Um dia triste para a cidade e região, mas que ficará marcado pelo quanto o empresário foi querido e amado pelo os que o conheciam.


Foto: Reprodução / Internauta - Pessoas aguardam o final do velório ao lado de fora da igreja, devido a lotação
Foto: Reprodução / Internauta - Pessoas aguardam o final do velório ao lado de fora da igreja, devido a lotação
Foto: Reprodução / Internauta - Pessoas aguardam o final do velório ao lado de fora da igreja, devido a lotação
Foto: Reprodução / Internauta - Pessoas aguardam o final do velório ao lado de fora da igreja, devido a lotação


0 comentário

Comments


bottom of page